América do Sul

Planejando sua Viagem ao Chile: Santiago + Deserto do Atacama

Nosso primeiro post no blog será sobre nossa viagem à Santiago e ao Deserto do Atacama, no Chile, em Agosto de 2018. Iremos contar como planejamos e organizamos nossa viagem ao Chile, e assim pretendemos fazer daqui pra frente, contar todos os detalhes de como organizamos e descrever o roteiro de cada viagem!

Cajon del Maipo

Já tínhamos visitado Santiago no ano anterior, em 2017, mas ficamos por lá apenas 3 dias e nem o tempo e nem nosso dinheiro havia permitido que fôssemos também ao Deserto do Atacama, uma vontade que tínhamos já há algum tempo.

Durante esse tempo acompanhamos alguns blogs que visitaram o Deserto e ficamos sonhando e colocando a viagem em nossos planos, já que o lugar é um dos destinos mais lindos e com as fotos mais deslumbrantes da América do Sul. Como nosso tempo em Santiago em 2017 havia sido curto e também não há voos diretos do Brasil para o Deserto, incluímos alguns dias em Santiago no roteiro para aproveitarmos e conhecermos mais a cidade. Planejamos tudo com antecedência, e enfim, a férias chegaram e partimos em direção ao Pacífico.


Planejamento passo a passo

Quando ir

Se você deseja combinar a viagem entre Santiago e o Atacama, você deve definir o que você quer ver. Se você gosta de neve, ou pretende conhecê-la de perto, vale a visita no inverno, assim a Cordilheira estará branca e majestosa, podendo ser vista de toda a cidade de Santiago. Se você preferir ir no verão, tenha em mente que a única neve que você verá serão os glaciares, que ficam no topo da cordilheira, e estão sempre ali, mesmo no calor. 

Quanto ao deserto, esteja preparado para enfrentar uma amplitude térmica gigante, seja no verão ou no inverno. Durante o dia faz muito calor, e durante a noite faz muito frio. A coisa fica feia mesmo no passeio dos Geisers del Tatio, onde é preciso chegar no lugar antes do sol nascer, ou seja, a temperatura está de congelar a língua, normalmente abaixo de zero. As chuvas no deserto são raras, mas os meses entre setembro e dezembro são os com menores índices de precipitação. Importante lembrar: leve protetor solar, spray nasal e beba muita água!

Comprando a passagem aérea Brasil x Santiago

Quando voltamos de Santiago em 2017 já  voltamos com um gostinho de “quero mais”, e próximo do final do ano começamos a ficar de olho nas promoções de passagem aérea. Pra isso, seguimos as páginas do Melhores Destinos e Passagens Imperdíveis no facebook, eles postam diariamente promoções das companhias aéreas e dos sites de busca, que muitas vezes fazem promoções relâmpago imperdíveis. Pra isso você pode ativar a opção de receber notificações dos posts, assim você não perde nenhuma promoção. E ainda mais importante: pesquisar! Fique sempre de olho no preço das passagens que você quer comprar, e a hora que o preço baixar, não perca tempo! Pra pesquisar os preços usamos o SkyScanner, é uma ferramenta incrível pois compara o preço não apenas entre as companhias aéreas, mas entre os próprios sites de busca como o ViajaNet, Kayak, Voopter, Decolar, Expedia e etc…

Em fevereiro de 2018, uma promoção da Gol nos pareceu tentadora: R$792 o bilhete ida/volta saindo de Guarulhos para Santiago no dia 10 de Agosto e volta para o dia 19 de Agosto. Naquela época a companhia aérea chilena SKY não operava no Brasil e os valores costumavam ser mais altos, então o preço era realmente tentador. Como Agosto era o mês das nossas férias, não pensamos duas vezes!

Compramos as passagens diretamente no site da Gol, e como temos o cartão de crédito Smiles Platinum da companhia, conseguimos parcelar as passagens em 12x sem juros. Como moramos em Tubarão, no sul de Santa Catarina, precisávamos ainda de um vôo até Guarulhos, e este conseguimos resgatar com milhas do Smiles (milhas também acumuladas com o cartão Smiles). Em breve publicaremos um post falando sobre as milhas e como elas podem te ajudar a viajar pagando menos.

Comprando a passagem aérea Santiago x Atacama

Tendo em vista que nosso objetivo maior era ir ao Deserto do Atacama, começou nossa caça à passagem aérea de Santiago para Calama, o aeroporto mais próximo da cidade de San Pedro de Atacama, o “centro turístico” do deserto. As principais companhias aéreas que operam a rota são a Latam e a SKY. Os valores da Latam eram muito superiores ao valores da SKY, maiores até que o valor que pagamos na passagem do Brasil para Santiago.

Pesquisando no SkyScanner, encontramos passagens da SKY em torno de U$80, já com uma bagagem despachada de 23kg incluída. Como eles ainda não operavam no Brasil, tentamos comprar as passagens no site chileno, porém, por algum motivo os nossos cartões do Brasil, mesmo sendo internacionais, não estavam sendo aceitos. 

Então continuamos nossa busca e encontramos uma companhia aérea que fazia apenas algumas semanas que havia começado a operar no Chile, com apenas dois aviões, chamada JetSmart. Acessamos o site e compramos as passagem por U$69 dólares cada uma, com bagagem despachada incluída, com ida para o dia 15 de Agosto e volta pra o dia 19 de Agosto, mesmo dia do voo de volta para o Brasil saindo de Santiago. A princípio ficamos um pouco com medo pois era uma companhia nova e não haviam muitas avaliações, mas tudo deu certo, os aviões são novos e os voos partiram dentro do horário.

Os dois únicos aviões da JetSmart no solo!

Reservando os Hotéis

Santiago

Reservamos um studio através do AirBnB (clique e ganhe R$130 de desconto na sua primeira estadia) para nos hospedarmos em Santiago. O apartamento ficava no bairro Las Condes, muito próximo do maior shopping da cidade, o Costanera Center, onde também fica o famoso arranha-céu SKY Costanera (falaremos sobre ele depois). O studio era moderno e recém decorado, e ficamos por lá cinco noites. Cada noite custou aproximadamente R$160, com ar condicionado, mini kitchen, porém sem café da manhã, o que não foi um problema pois embaixo do prédio existe uma espécie de padaria com preços acessíveis e café quentinho. A proprietária do studio, Ygnácia foi super prestativa e nos ajudou em tudo que pôde através do WhatsApp.  

Studio em Las Condes

Em 2017 havíamos nos hospedado bem no centro da cidade, próximo ao Cerro Santa Lucía, e após as duas experiências, chegamos à conclusão que foi muito melhor ficarmos hospedados em Las Condes, apesar de os valores serem um pouco mais altos que no Centro. O bairro é muito mais seguro, moderno, próximo ao shopping que têm supermercados, cafés, restaurantes, e você foge um pouco da muvuca do centro da cidade, que é mais antigo, um pouco sujo e perigoso à noite. Por lá você pode passar um dia para visitar os principais pontos turísticos.

Bairro Las Condes

San Pedro de Atacama

O nosso cantinho no deserto também foi reservado através do AirBnB (R$130 de desconto clicando aqui), visto que os preços das pousadas e hotéis por lá são bem mais salgados que na capital chilena. A cidade de San Pedro é o centro turístico do Deserto, onde se concentram as principais agências de turismo e restaurantes. A cidade é pequena e possui pouca estrutura, o que já é de se esperar de uma cidadezinha no meio do deserto, e existem algum hotéis e pousadas que ficam um pouco afastados do centrinho, o que não é legal se você estiver a pé ou de bicicleta, principalmente a noite, já que a maioria das ruas não possui iluminação. 

Considerando que o povo do deserto possui uma cultura e tradições muito diferentes do restante do país e considerando que os preços de hospedagem eram salgados, unimos o útil ao agradável! Resolvemos mergulhar de cabeça na cultura local e nos hospedamos em um quarto em uma casa de família. A casa ficava na Villa Los Algarrobos, a aproximadamente 1km da Calle Caracoles, a principal rua da cidade. Cada noite custo aproximadamente R$195, o quarto possuia banheiro, ar condicionado e o restante da casa era de uso comum. A proprietária Angelica, seu filho e o cãozinho Milo nos receberam super bem, e nos sentimos muito à vontade.

Milo ganhando um cafuné da Camila

Na época os preços do AirBnB estavam melhores que as outra opções, mas hoje você pode encontrar ótimas opções também com preços acessíveis no Booking.com

Booking.com

Os Passeios

Santiago

Normalmente quem vai a Santiago fica em média de 3 a 5 dias, e a cidade tem vários atrativos. Começamos listando os principais pontos que gostaríamos de visitar, para então decidir como chegaríamos até eles. Valle Nevado, Parque de Farellones, Cajon del Maipo, Viña Santa Carolina, Viña Concha y Toro, Viña Cousiño Macul, Parque Arauco e Centro Histórico. Quer saber como chegar em cada um? Em breve iremos postar todos os detalhes sobre cada um deles!

Valle Nevado

Os principais pontos que ficam nos Andes incluem Valle Nevado, Parque de Farellones e Cajon del Maipo (Embalse el Yeso, na foto no início do post). Muitas agências de turismo e blogs vão dizer a vocês que é perigoso seguir para esses destinos por conta própria por conta da neve, caso você esteja indo no inverno, e que para isto existem agências de turismo que fazem o trajeto com segurança. 

Tudo bem, é mais cômodo uma van passar no seu hotel pra te pegar e te levar até lá, mas as agências na época estavam cobrando entre 40 mil e 60 mil pesos chilenos (entre R$230 e R$350) por pessoa! Ou seja, é mais barato você alugar um carro, e a realidade que vimos é totalmente oposta do que algumas agências contam. A não ser que tenha ocorrido uma nevasca, tempestade ou tenha muita neve acumulada, é perfeitamente possível chegar em todos os destinos por conta própria, de carro. Para garantir, verifique as condições da estrada na semana da sua viagem.

Com isso em mente, já com a experiência da viagem de 2017, decidimos alugar um carro por dois dias para visitar esses lugares na Cordilheira dos Andes. Alugamos o carro na Rentcars.com, pagamos aproximadamente R$150 por dia e ainda parcelamos em 3x no cartão. Retiramos o carro na loja da EuropCar de Las Condes e seguimos o caminho!

Com exceção dos três destinos que falamos acima e da Viña Concha y Toro, todos os outros pontos são acessíveis através de metrô ou Uber (sem gastar muito). Aliás, se você pretende visitar a Viña Concha y Toro, é legal alugar um carro, você consegue aproveitar melhor seu dia e também vai economizar alguns bons pesos chilenos. Agências também oferecem a van para te levar até lá, com almoço e o tour inclusos, porém com valores exorbitantes. 

Deserto do Atacama

A exemplo dos planos que fizemos para Santiago, listamos todos os lugares que gostaríamos de visitar: Valle de La Luna, Valle do Arco Iris, Mirador de Kari, Termas de Puritama, Geisers el Tatio, Lagunas Escondidas de Baltinache, Pukara de Quitor, Lagunas Altiplânicas, Piedras Rojas, Laguna Chaxa, Salar de Atacama, Magic Bus, Laguna Cejar e Tour Astronômico.  

Lagunas Escondidas de Baltinache

Você consegue chegar na grande maioria dos lugares mencionados acima de carro, por conta própria, com excessão dos Geisers El Tatio, que não possui uma estrada específica para chegar até lá, e levando em conta que os passeios são realizados pela madrugada, você deve procurar uma agência para comprar o passeio e ir com eles com um 4×4 apropriado.

Alugamos um VW/Gol da EuropCar na Rentcars.com por R$150 por dia e o retiramos no aeroporto de Calama, ou seja, já economizamos com transfer. Com ele chegamos em todos os destinos pretendidos, com excessão das Lagunas Altiplânicas, que estavam fechadas devido ao acúmulo de neve, e não era possível acessar de jeito nenhum. Infelizmente como tínhamos apenas 3 dias por lá, acabamos não visitando os Geisers, pois era o passeio mais caro de todos, levando em conta que deveríamos fazer o tour com alguma agência. 

Para você se localizar melhor e poder pesquisar os pontos mais interessantes, restaurantes legais e avaliações dos locais, é importante que você esteja conectado! Nós sempre usamos o EasySim4U e ele nunca nos deixou na mão, por isso eles são nossos parceiros! Utilize o cupom DUASMALAS e ganhe 10% de desconto no seu pedido!

Logo publicaremos como foi nosso roteiro dia-a-dia! Nos vemos em breve! Obrigado pela leitura!

Se você preferir ir de carro, uma boa opção para fazer sua reserva é o site RentCars.com, lá você consegue pesquisar várias locadoras e ainda fazer a reserva sem cobrança de IOF de 6,38% e além disso ainda consegue parcelar no cartão em até 6x sem juros!