Geral

AirBnB, afinal, vale a pena?

O AirBnB é uma plataforma na qual pessoas físicas alugam suas casas ou um espaço nelas, temporariamente, para pessoas que estejam viajando. O nome tem a terminação “BnB”, que é a abreviação de “Bed and Breakfast”. O aplicativo surgiu em 2008, e a partir de então vem crescendo muito a procura por este tipo de aluguel, principalmente por viajantes como nós, que buscam economia.

Com a recente tragédia envolvendo uma família brasileira em Santiago, no Chile, em que eles acabaram intoxicados por monóxido de carbono proveniente de um vazamento de gás no apartamento, muitos viajantes tem se perguntando se o aplicativo de aluguel de apartamento AirBnB é uma boa maneira de se hospedar em outro país.

Antes de falarmos sobre os pontos positivos e negativos, vamos direto ao ponto: o AirBnB é confiável?

Sim! Já nos hospedamos através do aplicativo em diversas cidades, tanto no Brasil quanto no exterior e nunca tivemos nenhum tipo de problema. Porém, vale lembrar que qualquer pessoa, tendo comprovadas sua identidade e residência, pode anunciar seu espaço no aplicativo, ou seja, você pode estar alugando tanto um apartamento luxuoso quanto um quartinho em um barraco localizado num bairro não muito convidativo.

Para que você não entre em nenhuma roubada, é indispensável que você verifique os comentários e as avaliações do anúncio e do proprietário, para que não corra o risco de cair em nenhuma roubada, portanto, não reserve sem antes verificá-los.

Enfim, o AirBnB é herói pra quem busca economia e vilão pra quem busca mordomia. Dificilmente o proprietário irá te receber e te ajudar com as malas, e na maioria das vezes os anúncios não oferecem café da manhã, serviços disponíveis na maioria dos hotéis, além de não ter recepção disponível 24h na maioria das vezes. Em contrapartida, as propriedades anunciadas no AirBnB geralmente possuem cozinha que pode ser utilizada pelo hóspede, além de poder conhecer as pessoas e a cultura do local.

Na hora de reservar sua hospedagem, vale colocar na balança o que você deseja, economizar, em detrimento de perder algumas indulgências de se hospedar em um hotel.

E você, o que acha do AirBnB?

Lembrando que caso você opte por alugar um carro ou pegar um transfer, certamente você precisará acessar a internet, ou para entrar em contato com quem vai te buscar, ou pra usar o GPS no celular e seguir pro seu destino. A maioria dos aeroportos não oferece Wi-Fi grátis, por isso é muito importante você estar conectado. Usamos o serviço do EasySim4U, você recebe o chip em casa, ainda no Brasil e quando chega no destino, pronto! Já está conectado! Quer economizar? Utilize o cupom DUASMALAS e ganhe 10% de desconto.

*Este não é um post patrocinado.